Belo Desastre, Jamie McGuire


E o final do ano vai chegando e a faxina começa. Na arrumação dos meus livros, reencontrei "Belo desastre" e bateu aquela saudade do meu lindo, amado, gostoso e mega possessivo Travis “Cachorro Louco” Maddox! E por mais que eu tenha milhões de livros para serem lidos, esqueci todos e reli essa preciosidade com a mera desculpa de resenha-lo. Ai eu me pergunto: quem não gostaria de ter esse lindo "príncipe encantado as avessa"? Por que quem o conhece sabe muito bem que de encantado, só o charme.


Título | Belo Desastre - Livro 1
Autor | Jamie Mcguire
Editora | Verus
Páginas | 414
Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e  tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby  acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se  muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Aqui, Jamie nos apresenta Abby Abernathy é a típica menina certinha, que toda mãe adoraria ter: não bebe, não fuma, não fala palavras não aceitas pela sociedade. Mas, isso tudo por que ela quer se distanciar o máximo possível de seu passado sombrio, por que, todo mundo sabe que todo mundo tem algo a esconder. Então, ela e a sua melhor amiga, América, se mudam para uma nova cidade em busca de um novo começo: novos ares, novas amizades, nova vida. Porém, ela conhece Travis Maddox, e tudo o que ela esperava deixar para trás, caí certeiro no meio da cabeça.

O cachorro louco, como é conhecido nos ringues de luta dos boeiros da universidade, é o oposto ao novo começo que Abby procura. Ele, na verdade, é a própria confusão em pessoa. Descompensado, pegador, possessivo, charmoso, gostoso, inteligente [...] consegue tudo e todas que quiser e não tem a menor pretensão de se ligar a ninguém, até que conhece a sua beija flor.
Um pesado par de botas pretas parou diante de mim, desviando minha atenção para o chão. Meus olhos foram se voltando para cima: jeans manchado de sangue, músculos abdominais bem definidos, um peito tatuado ensopado de suor e, finalmente, um par de cálidos olhos castanhos.
Entretanto, Abby não está nada disposta a se entregar ao cachorro louco, fazendo com que Travis faça as mais engraçadas e embaraçosas situações para convence-la de que ele pode e vai fazê-la feliz. Mas, uma dívida não paga, um incêndio, uma suposta prisão, acaba por dificultar ainda mais a vida de Travis.

— Eu sabia, no segundo em que te conheci, que havia algo em você que eu precisava. Acabou que não era algo em você. Era simplesmente você.
Aquele clichê americano que amamos e que será bem difícil de acontecer conosco se desenvolve. Mas, apesar disso, o desenrolar da trama me deixou grudada no livro, mesmo agora, a segunda vez que lei, me deixando maravilhada com o final inesperado que não acabado no ponto final.

Uma ótima leitura para qualquer momento. Recomendadíssimo.

Boa leitura!

Comentários

  1. Amei o seu blog..
    Estou seguindo, gostaria que você visitasse o meu

    http://diariodeumacacheada2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas