Abandono, Meg Cabot


A trilogia Abandono é uma recriação do mito de Perséfone e Hades.  Perséfone é a deusa da terra e da agricultura na mitologia grega, filha única de Zeus e de Demeter. Foi crescendo e com isso sua beleza encantou a todos, incluindo o deus Hades, o senhor dos mortos, que pediu a deusa em casamento. Porém, Demeter não queria que eles se casassem, mas Hades mesmo assim não desistiu da deusa e continuou a persegui-la. Até que um dia Perséfone estava colhendo narcisos, e de repente Hades apareceu da terra em sua carruagem e levou a deusa para o mundo dos mortos.

TÍTULO | Abandono
AUTORA | Meg Cabot
EDITORA | Galera Record
ANO | 2013
PÁGINAS | 368
Desde que Pierce Oliviera se afogou na piscina de sua casa e passou por uma experiência de quase morte, sua vida mudou. Dois anos depois, expulsa de sua antiga escola e sem amigos, ela só quer começar tudo de novo – e sua mãe parece acreditar que levá-la para Isla Huesos, lugar onde nasceu e cresceu, é a solução para todos os problemas da filha. Afinal, uma menina de 17 anos precisa de alguma normalidade, não? O que ninguém sabe é que Pierce conheceu o misterioso John no mundo dos mortos, e agora o rapaz não a deixa em paz...

Neste primeiro livro, Abandono, Pierce quando ainda criança, conhece John, o Senhor do Submundo, em uma ocasião inesperada e alguns anos depois em uma experiência de quase morte o encontra novamente. O que ela não esperava era que John se apaixonasse e resolvesse fazer dela sua consorte. Pierce consegue enganar a morte, porém John não está disposto a deixa-la livre e passa a seguir e protegê-la. Pierce acha que coisas ruins acontecem sempre que ele aparece e fica com medo que ele volte a aparecer (não sei por que ela nunca percebeu que ele só aparece quando ELA faz algo que acaba a colocando em perigo, e acha que ELE é que a coloca em perigo quando aparece). Depois de algumas confusões e brigas eles acabam se entendendo e Pierce percebe que seu medo é mais de gostar demais dele do que dele em si.
Todos querem acreditar que existe alguma coisa — alguma coisa incrível — esperando por eles no outro lado. O Éden. Valhala. O Paraíso. A próxima vida — melhor do que está se tiverem sorte. Eu já estive no outro lado. Sei o que existe lá. Não é o paraíso — pelo menos não no começo. É uma verdade que tenho que carrega sozinha, pois só coisas ruins aconteceram às pessoas com as quais compartilhei o que sei. Por isso, às vezes preciso sair depressa antes de falar ou fazer alguma coisa da qual vá me arrepender mais tarde. Caso contrário, coisas ruins podem acontecer. Ele pode acontecer.
A protagonista é uma menina muito sem noção, determinada, boa pessoa. Ela tenta sempre ajudar os outros, muitas vezes pensando primeiro no bem estar dos outros e depois no dela, atitude que chama a atenção do mocinho que é um cara misterioso, teimoso e facilmente irritável.

É uma boa estória, mas não espere muita emoção dela (ao menos não neste primeiro livro), um livro bom de ler, mas que não prende muito a atenção. Se você está procurando um livro para se entreter esta é uma boa opção. Sempre recomendo um livro de Meg Cabot.

Boa leitura!

Confira a resenha dos livros Inferno (livro 2) e Awaken (livro 3)

 

Comentários

Postagens mais visitadas